Carnaval 2018 em Casimiro de Abreu: um balanço da folia

0
438
Tradicional festa brasileira arrastou multidões no município (Foto: Prefeitura de Casimiro de Abreu)

Chegou ao fim mais um carnaval no município de Casimiro de Abreu. Foram dias de muita folia para os moradores dos quatro distritos, que puderam se divertir com shows, blocos, apresentações etc. A Folha organizou um “resumão” do que rolou de sábado à terça-feira na cidade. Confira!

Prevenção, segurança e saúde

Pela parte da Prefeitura, vale destacar as campanhas de prevenção feitas antes e durante o feriado. Preservativos foram distribuídos pelas equipes da Unidade Básica de Saúde da Família, que também ofereceram testes para detecção de DSTs.

Uso do filtro solar, ingestão de água, se beber, não dirija e lixo no lixo: essas 4 campanhas também receberam bastante destaque ao longo dos dias de carnaval, orientando o folião a cuidar de si mesmo, dos seus conterrâneos e da sua cidade.

Na parte de segurança, um esquema especial foi montado, com guardas municipais, grupo de operações com cães, guarda ambiental e polícia militar trabalhando em conjunto. A GM distribuiu pulseirinhas de identificação para crianças, contendo informações dos respectivos responsáveis.

Blocos e demais atrações

Quem abriu o carnaval de Casimiro foi o tradicional Bloco da Saudade, que possui uma pegada nostálgica, contando com a presença dos bonecos gigantes e das marchinhas carnavalescas.

Outro destaque foi a apresentação do Bloco Guaiamum Cevado. Estreando no carnaval, a banda mostrou seu repertório, tocando em seus instrumentos confeccionados com materiais recicláveis. Velho conhecido dos casimirenses, o Bloco Gavião fechou com chave de ouro a folia.

A Banda Pressão e a Banda Catukaí (que encerrou o carnaval) fizeram grandes apresentações, levando o público ao delírio. A cantora Sabrina Rocha também não ficou para trás, fazendo uma bela apresentação na Praça Feliciano Sodré.

Crianças, destaque nota 10
Fica impossível falar de Carnaval 2018 em Casimiro de Abreu sem tocar nos principais personagens da festa: as crianças. Ao longo dos dias, as matinês, que tocavam as tradicionais marchinhas carnavalescas, receberam filhinhos e filhinhas de diferentes idades, que arrancavam sorrisos e suspiros por onde passavam. Papais e mamães estavam inspirados, pois as fantasias dos pequenos eram super produzidas, combinando com os sorrisos e olhares inocentes e cativantes.

Comentários