Moradores do Recanto dos Paratis oferecem aulas gratuitas de Jiu-Jitsu para crianças e jovens

0
384
Equipe de Jiu Jitsu da Associação Cultural e Esportiva do Recanto dos Paratis, em Barra.

Uma iniciativa louvável, que promete crescer ainda mais em Barra de São João. A Associação Cultural e Esportiva “LÍDERES” do Recanto dos Paratis, uma espécie de subdivisão da associação de moradores do bairro, vem se destacando no segundo distrito por oferecer aulas gratuitas de Jiu Jitsu para a população local, especialmente crianças e jovens.

Luis Moreira Bezerra, 45 anos, é um dos fundadores da instituição e principal entusiasta do ensino da modalidade esportiva para os meninos e meninas.

– A ideia começou com o Luis Lima, que é funcionário público e faixa preta de Karatê. Quando ainda estávamos construindo nossa sede, recebemos o apoio do Alex Drumond (atual diretor esportivo da associação), que luta Jiu Jitsu. Depois que a obra ficou pronta, as ideias convergiram e começamos a colocar os projetos em prática – afirmou o petroleiro.

Ensinar uma luta, segundo Luis, vai muito além da parte técnica.

– Através das aulas, vamos mostrando aos nossos alunos que eles são capazes de conquistar o que desejam. Ao mesmo tempo, eles irão refletir sobre a importância de se esforçar, treinar e se dedicar, aprendendo, também, sobre disciplina, educação e respeito ao próximo.

O crescimento do projeto tem chamado atenção, mas, pelo menos por enquanto, não há perspectiva de torná-lo “rentável”.

– Hoje, as aulas são gratuitas e contamos demais com as doações dos moradores do bairro. No futuro, implementaremos aulas de aeróbica, balé e ginástica para a terceira idade. Algumas dessas modalidades serão pagas, mas com um preço acessível a todos. Nosso objetivo não é a arrecadação, mas sim tirar as crianças das ruas e dar a elas uma oportunidade. Trabalhamos por amor e não para obter lucro – frisa Luis.

Junto com outros líderes, o petroleiro tem buscado outros profissionais capacitados para dar aula, tentando atrair o máximo de moradores possível para o projeto.

– A idade mínima para se inscrever no Jiu Jitsu é de 4 anos. No Karatê, não tem restrição de idade. Não pretendemos colocar dificuldades para quem desejar se inscrever, mas é preciso estar com o atestado médico em dia. No mais, acreditamos que o esporte é o caminho para que as crianças de hoje sejam a esperança para um mundo melhor – conclui Luis.

 

Comentários