Grupo “Corredores do Poeta” atrai iniciantes e praticantes de corrida em Casimiro de Abreu

0
259

 

Iniciado exatamente no dia 11 de setembro, o Grupo de Corrida “Corredores do Poeta” vem a cada dia ganhando adeptos e amantes da corrida em Casimiro de Abreu. Idealizado pelo professor de Educação Física e Personal Trainer Renato Martins, o “Corredores do Poeta” chega na cidade para instruir e incentivar quem está parado e quer praticar uma atividade física.

Segundo Renato, o grupo nem tem 15 dias de iniciação e já se tornou uma referência em corrida e caminhada de qualidade na cidade.

– Para isso, dedico parte das minhas atividades físicas ao grupo, pelo qual tenho enorme carinho. Pratico corrida de rua desde 2013 e sempre corri e sempre gostei de correr, foi quando comecei a perceber a necessidade de ter um profissional da área, formado, que orientasse as pessoas que gostam e querem correr.

Toda atividade física deve ser praticada com orientação de um profissional e Renato acrescenta que é importante buscar essa orientação para que não reflita de forma contrária à saúde das pessoas.

– Muita gente corre errado, é preciso ter uma boa respiração, coordenação motora, são muitas coisas que influenciam na corrida. Se tiver uma boa coordenação motora, se gasta menos energia e melhora o rendimento da corrida.

O “Corredores do Poeta” é um grupo de corrida que está aberto a quem quiser correr e também caminhar com orientação e cuidados.

-É um grupo de corrida e muitas vezes assusta um pouco o pessoal que está sedentário, mas é exatamente para isso que ele existe, para quem não corre e quer aprender a correr corretamente. É, na verdade, um grupo de caminhada e corrida e que, antes de iniciar as atividades, faço uma adaptação à própria corrida – avaliou Renato.

Atualmente, o grupo é composto por 12 pessoas e divididos por duas turmas. A primeira corre às segundas, quartas e sextas, às 6h e a segunda turma corre às terças e quintas, às 18h. O local de encontro e começo das atividades acontece no início da ciclovia, próximo à ponte do Caec, no centro de Casimiro de Abreu.

Ainda segundo Renato, o exercício é de apenas 1h hora de duração, mas já dá resultado.

– São 15 minutos de aquecimento e mais 20 de treino, isso para quem está sedentário, que é o ideal. O grupo tem também o foco de preparar as pessoas para participarem das corridas de rua, para o lazer e não para competições. Não tem limite de idade, que vai de 16, até quem quiser participar. Hoje temos uma faixa etária que vai dos 30 aos 50 anos. Todos terão uniformes, com camisas, para que o grupo se torne padrão. Ressalto que não é uma equipe de competição e sim de lazer. Estou muito feliz, porque em pouco tempo, está sendo bem aceito e tenho tido um bom retorno e também uma boa visibilidade no Facebook, onde mantemos uma fanpage.

Pensando nessa divulgação, Renato diz que está mudando a logomarca da página e o nome “Corredores do Poeta” é uma menção ao poeta Casimiro de Abreu.

– Sou filho da terra e dessa forma estou unindo esporte e cultura, é como se fosse uma identidade. Com isso levamos também a cidade com a gente, com um pouco de cultura.

Além da atividade física, o grupo dá orientações sobre a corrida. Após o alongamento, acontece o aquecimento e outras dicas.

– Vou orientando e passo para eles as técnicas da corrida, de coordenação motora, de passada, respiração. São informações que irão agregar à corrida, pois a atividade é algo muito individual, cada um tem seu tempo e limite. A gente treina em grupo, mas o treino é individualizado. Eu sempre estou junto a eles, monitorando o tempo todo. Para isso, estou providenciando uma planilha de treinamento e cada um vai ter a sua. Ainda estou no processo de avaliação, para isso estou prescrevendo tudo na hora da corrida – frisou.

Para o futuro, Renato diz que as parcerias são importantes, para que o grupo se propague cada vez mais.

– Pretendo fechar com 10 patrocinadores, que na verdade serão colaboradores, como se fosse um apoio. Destaco que o objetivo do grupo é de tirar as pessoas do sedentarismo, incluindo com isso uma atividade física. Também de potencializar as pessoas que já correm, para quem tragam melhores resultados para eles. Na verdade é um projeto de acolhimento e não de exclusão. É para todo mundo e quem não souber correr, irá aprender. Temos também uma nutricionista no grupo, que nos passa a parte nutricional. Já iremos participar de uma corrida em Búzios, que na verdade será uma corrida com caminhada, isso é muito bom.

Comentários