Prefeitura e Sebrae/RJ promovem a Semana do Microempreendedor Individual

0
212
Leandro Lucas, assessor de desenvolvimento econômico da Prefeitura.

A Prefeitura de Casimiro de Abreu, através da Secretaria de Fazenda, Indústria e Comércio, juntamente com o Sebrae/RJ, realizam, nos dias 18 a 22 de setembro, a Primeira Semana do Microempreendedor Individual (MEI), no município.

O objetivo é de capacitar e tirar dúvidas dos microempreendedores através de oficinas específicas, gerando uma melhor economia e fomentando o comércio local. Durante a semana, serão oferecidas, gratuitamente, palestras, orientações e três Oficinas SEI: SEI Administrar; SEI Empreender e SEI Inovar. Todas com o acompanhamento de consultores do Sebrae/RJ para os empreendedores do MEI.

Segundo o assessor de Desenvolvimento Econômico da Prefeitura de Casimiro de Abreu, Leandro de Lucas Silva, é importante a participação de todos os inscritos no MEI para que possam se capacitar e, assim, melhorar seus negócios, gerando mais lucro e produtividade para suas microempresas e também para o município.

– Temos hoje 1,8 mil inscritos no MEI do município de Casimiro de Abreu e somente 13 até agora realizaram suas inscrições para a semana voltada para as microempresas. É importante que todos participem e, para isso, terão até o dia 15 de setembro para realizarem suas inscrições no portal do empreendedor, no endereço: www.portaldoempreendedor.adm.br, ou na Sala do Empreendedor, que fica na Rua Miguel Jorge, 100, no centro da cidade. Nas oficinas, que são gratuitas, serão fornecidos certificados e material, que são as apostilas.

As oficinas acontecerão das 18h às 22h na Sala de Aprendizado, localizada na Rua Mário Costa, s/nº, no centro da cidade.

– Convidamos os Microempreendedores Individuais (MEIs) que estão começando no mercado para aprenderem a empreender e se capacitar. Com isso, irão fomentar a economia e o comércio local. Minha intenção é de ensinar essas pessoas para que, uma vez instruídas, consigam gerar mais emprego, comprar mais e vender mais. Hoje, para estar no mercado, tem que fazer a diferença – completou Leandro.

Comentários