“Pretendemos realizar o Festival de Crustáceos com um custo menor, estimado em R$ 150 mil”, afirma Secretário de Turismo e Eventos

0
2487
Victor Varela assumiu a Secretaria de Turismo e Lazer há seis meses

Com praticamente seis meses à frente da Secretaria de Turismo e Eventos de Casimiro de Abreu, o secretário Victor Ferreira Varela falou ao portal de notícias “Folha de Casimiro” sobre sua atual gestão e de projetos que estão por vir.

Pela primeira vez como secretário de um governo municipal, Victor, que é suplente de vereador pelo PSB, dissertou a respeito da dificuldade que vem passando a prefeitura e do esforço do atual prefeito Paulo Dames em cumprir toda a agenda de eventos que a secretaria comporta.

#Folha: Secretário, qual o balanço que o senhor faz de sua gestão nesses primeiros seis meses de governo?

Victor Varela: Pegamos uma secretaria onde não existia nada, há dois anos que não tinha se quer um projeto realizado. Foi um início difícil, mas o prefeito sempre nos deu todo o suporte e orientação e com isso estamos caminhando. Mesmo com a dificuldade que o município vem enfrentando, não estamos deixando de realizar os eventos, mesmo com baixo custo.

#Folha: Qual o planejamento que sua secretaria está fazendo para a realização do Festival de Crustáceos deste ano? O corte no orçamento (de R$ 800 mil para R$ 150 mil), irá interferir muito no desenvolvimento e no sucesso da edição?

Victor Varela: O último Festival de Crustáceos aconteceu há dois anos e custou aos cofres públicos quase R$ 1 milhão. Esse festival, que já é tradicional na cidade, foi interrompido pela falta de estrutura na organização e com a desculpa de que a prefeitura estava com dificuldade. Ressalto aqui que, mesmo com custo reduzido, não deixaremos de realizá-lo. Outro ponto favorável do evento é que vamos enfatizar e dar prioridade aos artistas locais, seja de Barra de São João, de Casimiro ou de outros locais do município. Agora, pretendemos realizar o festival, que irá acontecer entre os dias 28 e 30 de julho, com um menor custo, estimado em R$ 150 mil. Acreditamos que, mesmo com a redução do orçamento, o evento será um sucesso.

#Folha: Secretário, quais foram as primeiras ações nesses primeiros seis meses de governo?

Victor Varela: Uma das ações tomadas foi a de montar a secretaria, que na verdade estava somente com dois funcionários. Diante dessa situação, montamos uma equipe e com isso estamos colocando alguns projetos para funcionar. Entre eles está o Projeto ‘Acolhida na Colônia’, que realizou visitas em cinco propriedades rurais, que já estão usufruindo de nossa estrutura e apoio para o andamento dos trabalhos. Tem também o Projeto ‘Caminhada na Natureza’, onde temos 10 etapas durante o ano e já realizamos quatro delas até o momento, isso em todo o município, entre a sede, Barra de São João, Professor Souza, Rio Dourado e também na serra.

#Folha: Quais são as ações que o senhor planeja para o futuro de sua gestão?

Victor Varela: Uma ação futura e próxima que iremos realizar é a Festa de Setembro, que esse ano acontece em formato diferente. Pretendemos fazer um chamamento público para a empresa que ganhar a licitação, realizar a festa, que será de portões abertos para a população, onde usaremos apenas o espaço que é o Parque de Exposições. Será um modelo que nunca ninguém fez e o prefeito Paulo Dames irá realizar todas as festas dessa forma. Ele entende que, utilizando esse modelo, movimentamos a economia local e também ajudamos os comerciantes do município, mesmo que seja com custo reduzido.

#Folha: E para os atuais e futuros projetos, Secretário?

Victor Varela: Com relação aos projetos que a Secretaria de Turismo e Eventos realiza, destaco que o município tem vários. Casimiro de Abreu é um lugar contemplado pela serra, pelo mar e pelo Rio São João. Diante desse cenário de natureza, iremos implantar, em Barra de São João, um projeto de prática de Canoagem. Iremos também voltar a dar assistência à Escolinha de Vela, que não teve incentivo algum na gestão passada. Temos também um parque em Casimiro de Abreu, que é uma área desapropriada da prefeitura, na qual pretendemos, em parceria com a iniciativa privada, transformar em um Parque de Aventura, aproveitando a serra, já que o local fica no caminho entre Casimiro e Friburgo.

#Folha: Para encerrar: qual o potencial turístico que tem Casimiro de Abreu e o que o governo pode investir nele?

Victor Varela: A cidade de Casimiro de Abreu tem um grande potencial turístico, com belezas que vão da serra ao mar. Nós estamos buscando parcerias público-privadas e com isso iremos proporcionar um turismo de qualidade, ao qual merecem todos que visitam e que moram em nosso município.

Comentários